Logotipo Sim e Não
DEBATE PÚBLICO

Movimento tenta reeditar Seminário de Vereadores do Alto Solimões

Prefeito de Benjamin Constant apresentará proposta de retomada do Sevas durante Fórum de Educação em Jutaí

Aruana Brianezi
aruana@acritica.com
22/06/2022 às 18:36.
Atualizado em 22/06/2022 às 18:36

David Nunes Bemerguy, prefeito de Bejanmin Constant, em evento realizado na Aleam em dezembro de 2021 (Hudson Fonseca/Aleam)

O Seminário de Vereadores do Alto Solimões (Sevas), badalado evento político realizado pela última vez há quase 20 anos, deve ser retomado agora em 2022. Um dos defensores da ideia é o prefeito de Benjamin Constant, David Bemerguy (MDB). Ele, que presidiu a associação de vereadores que organizava o evento, vai apresentar a proposta de reedição do Sevas durante Fórum de Educação que acontece dia 5 de julho, no município de Jutaí.

Realizado anualmente em sistema rotativo nos anos noventa e começo dos anos 2000, o Sevas ajudou a atrair a atenção tanto do Estado quanto da União para os principais problemas do Alto Solimões, ampliando debates sobre políticas públicas. Disputado, o evento chegou a receber quatro pré-candidatos ao Governo em uma das edições.

O Seminário viu nascer diversas propostas que saíram do papel, como a criação da rádio nacional do Alto Solimões, o aeroporto de São Paulo de Olivença, a estrada de Benjamin Constant até Atalaia do Norte e o Hospital de Santo Antônio do Içá.

“Precisamos trazer novamente a região do Alto Solimões para o centro do debate”, declarou Bemerguy para a coluna. Ele diz que o Sevas, hoje, tem ainda mais chances de ser produtivo pois a região abriga novas instituições de ensino técnico e superior. Esses “pensadores” que convivem com a realidade local ajudarão a levar o nível das discussões a outro patamar.

A reedição do Sevas será, também, uma forma de homenagear um de seus maiories entusiastas, o bispo emérito da diocese do Alto Solimões (AM), dom Alcimar Caldas Magalhães, que faleceu em julho do ano passado.

'Padrinho'

A ideia de reeditar o Seminário foi "adotada" pelo deputado Belarmino Lins (PP), que tem votações expressivas na região do Alto Solimões. Ele anunciou que vai propor uma audiência pública em Tabatinga para debater a questão com prefeitos da região e instituições federais e estaduais.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Sim e Não
Site de notícias e opiniões feito em Manaus por jornalistas profissionais, com foco em política local.
Dúvidas, Críticas e Sugestões
Contato Comercial
(92) 98433-5363
Portal Sim e Não© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por