Logotipo Sim e Não
Em evento com investidores

Ministro de Minas e Energia manda indireta para a Zona Franca após redução do IPI

"Você não pode ter empresários escolhendo onde investir com base em vantagem tributária”, disparou Adolfo Sachsida.

Waldick Jr.
simenao@acritica.com
04/08/2022 às 16:05.
Atualizado em 04/08/2022 às 16:05

(Alan Santos/PR)

Durante participação no festival Expert XP, em São Paulo (SP), na tarde desta quinta-feira (4), o ministro de Minas e Energia Adolfo Sachsida mandou uma “indireta” para a Zona Franca de Manaus, que possui incentivos fiscais para possibilitar a maior presença de empresas na região em razão da dificuldade de logística e outras barreiras aos negócios características da região. O comentário foi feito a uma plateia de investidores e empresários, a maioria da região sudeste.

Ao citar a nova redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) promovida pelo governo federal na última sexta-feira (29), que reduziu a competitvidade do Polo de Manaus, o ministro disse que “a redução do IPI tem dois efeitos importantes. Tributos menores, melhor eficiência locativa e maior produtividade da economia. E a segunda, diminuir a variabilidade territorial, isso quer dizer, você não pode ter empresários escolhendo onde investir com base em vantagem tributária”. 

A fuga de empresas da Zona Franca de Manaus por perda de vantagem tributária na região é justamente o receio da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam) e do Governo do Estado. Ontem o governador Wilson Lima (União) anunciou, inclusive, que a Procuradoria Geral do Estado vai Supremo Tribunal Federal (STF) para derrubar o novo decreto.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Sim e Não
Site de notícias e opiniões feito em Manaus por jornalistas profissionais, com foco em política local.
Dúvidas, Críticas e Sugestões
Contato Comercial
(92) 98433-5363
Portal Sim e Não© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por