Logotipo Sim e Não
SIM E NÃO

Joana diz que meta é ser prefeita

"Não tenho vontade de ir para Brasília, tenho um vínculo muito forte com Manaus”

acritica.com
online@acritica.com
05/05/2022 às 07:19.
Atualizado em 05/05/2022 às 07:19

“Sempre se incomodou com o fato de Manaus nunca ter tido uma mulher prefeita e o Amazonas nunca ter tido uma governadora” (Foto: Arquivo A CRÍTICA)

Em entrevista ao podcast do Sim&Não, a deputada estadual Joana Darc (União) revelou um sonho político: ser prefeita de Manaus. Ao ser questionada por um internauta se ela pretendia pleitear o cargo, a parlamentar respondeu que não tem pretensão de ir para Brasília. “As pessoas perguntam muito isso (se vou disputar para deputada federal), como se fosse uma escadinha, uma projeção. Não tenho vontade de ir para Brasília, tenho um vínculo muito forte com Manaus”.

Incômodo - Segundo Joana, ela “sempre se incomodou com o fato de Manaus nunca ter tido uma mulher prefeita e o Amazonas nunca ter tido uma governadora”. “Quando fui vereadora, sempre imaginei uma prefeitura que pudesse ser mais humana. Meu sonho na política é que daqui a muitos anos eu seja a primeira mulher prefeita de Manaus. Ser prefeita seria um sonho dentro da política”, comentou.

Justificativa - Joana justificou o desejo: “Eu gosto de fazer as coisas acontecerem e me incomoda porque o parlamentar não executa. Ele cobra, fiscaliza, propõe, destina recurso mas quem de fato executa é a prefeitura e governo”. A entrevista completa está disponível nas plataformas de streaming do Sim&Não, e nas páginas do Youtube e Facebook do Portal A Crítica. 

Processo - E a  10 meses do fim da atual legislatura da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam),  está longe de encerrar a polêmica em torno do processo disciplinar que poderá resultar na cassação do mandato de Joana Darc. Os deputados Dermilson Chagas (Republicanos) e Wilker Barreto (Cidadania) estão fazendo uma cobrança sistemática para que o processo seja pautado e votado.

Algozes - O presidente da Casa, Roberto Cidade (União), diz que os parlamentares que fazem pressão para que o caso seja apreciado querem “inflamar o cabaré”. Ele diz que o tema já é “matéria vencida”. Joana, por sua vez, diz que Dermilson e Wilker usam o episódio como “palanque político” e que querem ser “algozes” da primeira mulher a enfrentar um procedimento desta natureza na Aleam.

Machismo - Durante entrevista ao Podcast, inclusive, ela comentou que a perseguição é causada por machismo. Ela lembrou episódios na Aleam que poderiam se configurar como assédio, como os beijos que o deputado Dermilson Chagas (Republicanos) mandou para ela no início de 2019, em tom de deboche, mas que ela não levou a instâncias maiores. “Hoje eu faria diferente”, disse. 

Bionegócios - O Ministério da Economia, a Superintendência da Zona Franca de Manaus e o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) lançarão o edital de gestão do Centro de Bionegócios da Amazônia, na próxima sexta-feira. Na ocasião, será apresentado o edital para seleção e qualificação de entidade privada como Organização Social para gerir o CBA e torná-lo um centro de bionegócios.

Prosamim+ - O governador Wilson Lima anunciou ontem que a Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Amazonas obteve o sinal verde do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para abrir a Licitação Pública Internacional (LPI) da maior obra de intervenção do Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+).

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Sim e Não
Site de notícias e opiniões feito em Manaus por jornalistas profissionais, com foco em política local.
Dúvidas, Críticas e Sugestões
Contato Comercial
(92) 98433-5363
Portal Sim e Não© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por