Logotipo Sim e Não
GUERRA

Em novo confronto, Omar Aziz diz que Bolsonaro é uma farsa

Atacado por Bolsonaro, senador do Amazonas diz que presidente tem raiva porque a CPI o obrigou a comprar vacinas para o povo brasileiro

Dante Graça
dante@acritica.com
17/05/2022 às 11:35.
Atualizado em 17/05/2022 às 11:35

Omar Aziz presidiu a CPI da Pandemia (Foto: Ag. Senado)

O senador Omar Aziz voltou a confrontar Jair Bolsonaro pelas redes sociais após ser citado em discurso do presidente. 

O novo episódio da guerra declarada aconteceu nesta segunda-feira, quando Bolsonaro afirmou, em um evento, que a CPI da Pandemia no Senado poderia ter sido encerrada se ele aceitasse uma emenda do senador amazonense para compra de vacinas. Na fala, ele ainda desmereceu o cargo de Omar. “Eu poderia ter acabado com a CPI nas primeiras semanas se eu tivese aceitado uma emenda do Omar Aziz. Não vou falar de um senador porque pega mal, né, do Omar Aziz”. 

Omar gravou um vídeo para responder e disse que chamaria Bolsonaro de presidente porque ele foi eleito “democraticamente pelas urnas eletrônicas”, ironizando o fato dele sempre questionar a confiabilidade das urnas. “Você manda em alguns que você comanda. Não em todos. Na CPI eu era só um. Eram onze membros. O senhor não mandava em sete. Quatro faziam o que o senhor queria”, afirmou Aziz.

O senador amazonense engrossou o discurso ao afirmar que foi a CPI que obrigou Bolsonaro a comprar vacinas. “Você não queria vacinar o povo brasileiro. Isso que te dá raiva. Você tá com raiva porque parou de morrer gente”, disse Omar, chamando Bolsonaro de farsa. “Aqui é três dedos mais embaixo. Venha pra cima de mim que a resposta será dada na hora certa”. 

Veja:

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Sim e Não
Site de notícias e opiniões feito em Manaus por jornalistas profissionais, com foco em política local.
Dúvidas, Críticas e Sugestões
Contato Comercial
(92) 98433-5363
Portal Sim e Não© Copyright 2022Todos direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por